terça-feira, 27 de junho de 2017

Cova Gala ou Vila de São Pedro, em destaque na Figueira T V.

Os maldizentes não tinham espelhos em casa?

A Praça da Republica, em Montemor-o-Velho, ficou conhecida pela chocarrice dos que se sentavam nos seus bancos.  Reformados, outros havia feitos na ociosidade, mas tinham em comum a sua maledicência, sobre conterrâneos respeitados na Vila.
Não eram muitos, mas os que se sentavam de braços cruzados sobe o peito, vociferavam difamações, com risos alargados á sua falta de saúde mental, levando que outros mais se libertassem de uma linguagem dementada pela calunia.
Era rapaz. .Preparava-me na faculdade das barbas e dos cabelos, suportando- os na minha cadeira de trabalho, depois de terem deixado os bancos da praça, sujos de uma premeditada  blasfêmia.
Tudo isto recordei agora, depois de ter visto na Figueira T-V, o trabalho excelente produzido pelos jovens Digo Jerônimo e Adriana Mendes, sobre as valorosas gentes do Mar e do rio, da Freguesia de  São Pedro, Afinal em todas as terras, existem sempre uns espelhos que esperam pelas caronas de um ou dois maldizentes, viciados também na sua triste sina.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Aos estimados covagalenses de boa fé

Logo que a Figueira T.V. emita o programa sobre a vossa terra, venho aqui deixar-vos um abraço de amizade Vou sentir também orgulho por ter ajudado a Figueira T.V. a mostrar ao pais e ao mundo, os valores do vosso povo O Dr Jorge Mendes, as Mulheres da Beira Mar, o Desportivo da Cova Gala, sei lá..Um trabalho notável da Figueira T.V. Excelentes imagens da vossa terra numa promoção turistica com alguma valorização Claro que ajudei, mas tudo isto não é fazer radio De qualquer modo, só lamento não dedicar-me a tempo inteiro, mas o meu amadorismo não permite deixar de cortar cabelos e barbas, face uma percentagem para despesas e pouco mais do que isso Teria sido um trabalho a meu gosto por inteiro, mas o conhecimento destas novas tecnologias, escapa-me demasiado No entanto, reconheço que me apoiam sistematicamente nas minhas minhas propostas Buarcos, está trabalhado, falta a Figueira,, veremos como me vou assumir Abraço. Sejam bem vindas as criticas construtivas e de boa fé,agradeço-as  muito

domingo, 25 de junho de 2017

Bombando a sua( dos outros) preguiça?

Se todos os patrões com lucros enormes, fossem assim, nunca teríamos as greves destruidoras do bem comum nas empresas. A não ser os que sonham com o estado patrão.Por ai iriam saber quantas broas davam um alqueire de milho Estes empresários são felizes e dormem tranquilamente, basta ler a noticia.Esta empresa elimina qualquer trabalhador que faça juras de ódio ao patrão Um dia um ressabiado comunista,( porque os há dignos nas leis do trabalho,) até levou a mal que um sindicalista fosse almoçar com o patrão.Foi verdade, Ser patrão é preciso ter tomates, deixar de ir de ferias para pagar as ferias ao pessoal O que há por ai são os penduras  que gostam de se encostar ao sistema, bombando a sua preguiça num povo heroico e histórico, porque aqueles  em minoria são uns pobres coitados, nem fazem e ficam com inveja dos que conseguem ter exito pelo trabalho honesto e digno dos outros

Do facebook para si que não lhe serve a carapuça


Quem dá o que tem..

A minha experiência na Figueira T.V. foi muito nervosa, confesso Vim embora convencido que tinha falhado redondamente. Comunicar nas radios é diferente,Temos o controle das comunicações com os ouvintes, quer nos guiões, ou nos imprevistos, na Figueira T.V., não é assim. Recebemos dos operadores na Regi, as ordens para entrarmos em direto ou não Ás tantas , a minha simpatica colega, Maria do Carmo já com longo percurso nestas emissões,não é assim Olimpio Fernandes, para que eu continuasse a emissão? Estava na lua! Olha, olha Maria do Carmo, perdi-.me tal qual D. Sebastião, numa manhã de nevoeiro, safando-de da bronca O que me valeu para me animar, foram os telefonemas do Sr Rogério Gonçalves e da Maria do Carmo, no sábado.Mais por simpatia do que pelo meu mérito, lá foram dizendo que tinha corrido bem e que para o ano estaremos de volta. Cá por mim, talvez esteja a estagiar num Lar para idosos, entretendo os meus colegas, em circuito interno

sábado, 24 de junho de 2017

Colaboradores da Figueira T.V.

Preparam-se para a longa noite de S. João, em direto para o País e para o Mundo, só possivel pelo trabalho "louco" dos operadores, propondo-nos,(Maria do Carmo e Olimpio Fernnades, apresentadores ) as condições técnicas da emissão de várias horas.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Falamos das nossas Mães

Silvana Noite Grilo Grilo É difícil não poder mais contar com o mais puro e sublime amor de mãe. Tenho a certeza tal como eu que faria tudo que estivesse ao seu alcance para a ter ao seu lado. Também sinto muitas saudades da minha mãe, tem dias que eu dava tudo só para encostar a minha cabeça no colo dela e sentir as mãos dela no meu cabelo...Já estão lá em cima a olhar por nós...Um abraço Olimpio respondeu . Felizes os que tem fé para acreditar que lá em cima olham por nós Nem todos vivem esse sonho, nem todos vivem esse privilegio,Não os invejo nunca, respeitando-os, gostava de os poder sentir, como eles sentem e acreditam A minha mãe, tinha todas as qualidades e os defeitos das mulheres de aldeia.Descalças pelos campos e que faziam da cabeça, o transporte de pesados serviços,tais como cântaros de água e alavancados feixes de ervas para os animais As mulheres do meu lugar, assumiam os valores de famiia, obedecendo sem reservas ao chefe da casa,Não sabiam uma palavra do alfabeto, muito menos um radio para poderem escutar outras vozes em aprendizagem Quando abandonei estas mulheres do meu lugar, aos 14 anos,correndo pela vida e pelas aventuras de sobrevivência, todas elas vieram comigo até aos dias de hoje, sentindo-as com afectos maiores de um povo enorme, que não sabia outro mundo existir A Mãe ficou por lá, não a esquecendo, verdade minha, mas não beneficiou do meu bem conquistado e dos meus mimos,levados de vez em quando, sempre distantes e magoados

terça-feira, 20 de junho de 2017

Mulheres de trabalho e de valor social


Museu do mar e do rio, na Cova Gala?

Todas as terras deviam guardar as suas valorosas gentes em museus,mostrando aos vindouros as suas exemplares virtudes.de trabalho e cultura
A Freguesia de São Pedro, tem um belo historial, guardado numa sala na Junta de Freguesia, esperando.se apoios comunitários, para o desejado museu do mar e do rio

Gosto
Com

domingo, 18 de junho de 2017

Pela tua terra, cogalense

Mais logo pelas 18 horas, na Cova Gala, vamos mostrar o que foi o trabalho da Figueira T.V.na freguesia de São Pedro
GostoMostrar mais reações
Comentar

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Logo pela tua terra, comparece, covagalense,no Centro Cultural,18 horas


Solidão,a cada um a sua...

Onde e como a solidão ? Talvez nos meus problemas  mal resolvidos, diria, os que ninguem pode ou não quis partilhar comigo, por aí sinto-me só, no resto ,até dá jeito muitas vezes a solidão, Se por acaso o espaço comunicação, deixa de ser activo e motivador, para se tornar chato e agressivo, eis pois a solidão que me apetece, intrinsecamente, viver , no resto, onde e como a origem da solidão?
GostoMostrar mais reações
Comentar

domingo, 11 de junho de 2017

As Mulheres da Beira Mar, dançaram no Casino

Rosa Estrela, Manuela Rama, Sónia Pinto, com grupos de jovens dançarinos, animaram uma bela tarde de tradições da Cova Gala

sábado, 10 de junho de 2017

Convite.Vem e tráz um amigo, para ambos recordarem mais tarde

Atenção Covagalenses, No próximo dia 18 de Junho, pelas 6 da tarde, no Centro Cultural , dos Pescadores da Cova Gala,(Portinho ) não percas a ante-estreia do JUNTO À FOZ , produzido pelos profissionais da Figueira T:V.,sobre os valores culturais , também desportivos, da Freguesia de São Pedro.Pelo pais e pelo Mundo, a Figueira T-V.. divulgará a riquissíma mensagem , desde o século XVIII, até aos nossos dias., das gentes da beira mar
Entrada livre, com serviço de bar, vem daí, vais sentir orgulho das tuas raízes, mencionadas por ilustre historiador, entre outros motivos que vão dignificar a tua terra

GostoMostrar mais reações
Co

sexta-feira, 9 de junho de 2017

O fanatismo é doente e perigoso ao meio ambiente.

Pois, pois Sr Simões,antigo jogador do Benfica quando diz que o Guerra, deve abandonar o Benfica, por não se rever naquele paleio pouco digno de uma Instituição, como é o glorioso É necessário honrar os grandes dirigentes do passado e tantos foram, sem eles não sentíamos a chama imensa da humildade e do respeito por um Benfica do povo e para o povo O Sr Guerra, é um fanatico, porque ser vermelho dos pés á cabeça, é outra paixão e outra ética.
GostoMostrar mais reações
e

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Freguesia de São Pedro, em destaque na Figueira T.V.

Iniciam-me amanhã pelas 7h 30, as filmagens e os respectivos conteúdos sobre a emissão a emitir na  Figueira T,V,
Durante o dia e com horários programados, a Figueira T.V., so´deve terminar as suas intervenções depois das 5 da tarde Por ultimo, no Casino, dia 11-6.2017, onde vão actuar as Mulheres da Beira Mar, aí sim, teremos então a produção realizada Regresso com noticias , por estes dias, porque bitaites da preguiça é fácil, agora realizar e produzir, cuidado com as preocupações e as correrias que dão conta da tola de um idoso.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Vamos saber na próxima reunião ?

Que futuro do festival? No Bairro Novo, restauração teve um dia de intenso movimento.De Norte a Sul, a cidade é visitada pela primeira vez por dezenas de colegas meus, que regressam depois com mais tempo no verão, desde 1976, assim tenho esses contactos, mas pergunto, que futuro do festival? Não por mim, que paguei a quotas ao nosso clube Artistico(Porto( e disse ao meu presidente Alfredo Marinho.Está na hora meu amigo, em pensar duas vezes, se vou por aqui caindo pelas escadas ? Vou lamentar para sempre que a Figueira da Foz, venha a perder mais este mítico evento, face ás lógicas exigências do casino, as quais são incompatíveis com os cofres do nosso clube As próximas reuniões vão "matar" ou não o futuro do festival, que no Porto, poderá ter a sua continuidade, o que lamento imenso, mas no Porto, com aqueles colegas, ficará de pé e com sucesso Vou esperar que o casino faça o seu negocio. mas tenha em conta o seguinte. Os sacríficios que fazem os meus colegas do Porto e do país, para se deslocarem á Figueira, trazendo para a cidade prestigio e a sua divulgação A Figueira T.V. fez a reportagem,a imprensa noticiou-o e o Bairro Novo, foi morrendo devagarinho, porque ninguém o pode amar sozinho

Nas duas primeiras fotografias, os meus colegas que representaram a Figueira no Festival dos cabeleireiros, ontem no Casino.





domingo, 4 de junho de 2017

O jovem André Mora,fotografado pela Figueira T.V, é o novo presidente do Grupo Desportivo da Gala


O" milagre" do associativismo estã na sua nobre causa e no serviço público. Uma colectividade de portas fechadas, ressurgiu aleluia, no sábado, rodeada de covagalenses que a vão projectar de novo no espaço desportivo na Freguesia de São Pedro Grato pelos vossos exemplos

sábado, 3 de junho de 2017

Amanhã no Casino,a partir das 10 horas

A representação da Figueira da Foz (Salão Chapéu) inicia a sua apresentação pelas15 horas Terá a apresentação da minha colega colega Maria Do Carmo, com imagens de Rogério Gonçalves,Figueira T.V, Como sempre vou carregar o piano, desde os bastidores ao palco. mas vou mesmo lá estar,se o peso é leve de mais.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Só os burros é não que se ajustam á verdade dos factos

Estou devidamente informado sobre o que não pode ser a Televisão Oficial da Figueira da Foz, mas sim um vídeo como tantos outros Apesar de potenciar-se aquele  título em letra de forma no vídeo, ou vídeos da Figueira T.V. julgo que deve ser retirado, não por mim, claro, mas por quem o deve fazer Aproveito para informar-vos.Mais  logo, os técnicos da Figueira T.V, vão recolher imagens das Mulheres da Beira Mar, para posterior emissão sobre a Freguesia de São Pedro Em devido tempo terei mais informações

Mar de Letras.R.T. P.

https://www.rtp.pt/play/p3056/e290187/mar-de-letras


Por favor não perca esta belissíma entrevista do Dr Antônio Tavares, escritor, conduzida por Mario Carneiro em Mar de Letras.
Saber, humildade, o encanto da sensibilidade e das palavras, a opinião que tem dos políticos sem graça(muitos risos ) que não o motivam na escrita dos romances, quando me lembro que conversei com o escritor, na Foz Mondego rádio,99.1, fico a pensar no meu súbito descaramento em o ter convidado, para que nos falasse do Coro dos Defuntos.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Junto á Foz,a nova emissão sobre a Cova Gala

Junto à Foz,(o titulo) vai ser uma emissão da Televisão Oficial da Figueira da Foz, projectando a Freguesia de São Pedro, já activada na sua preparação. Terá  amanhã no Clube Mocidade Covense,21horas, o primeiro trabalho dos técnicos da Figueira T.V., por forma da captação de imagens das Mulheres da Beira Mar, com as suas danças, entre outros motivos culturais e desportivos da Cova Gala
Depois da Foz do Mondego, vamos de novo com imagens, desta vez, motivar os que trabalham nas causas associativas e politicas, propondo ao pais e ao mundo, os valores colectivos das suas gentes Vou dando noticias aos covagalenses, tendo em conta o trabalho demorado para estas emissões, não só no exterior, como depois em estúdios da Figueira T.V.

Do blogue com cinismo ?

Depois da sua longa hibernação, o morcego vampiro voltou, para se realizar na sua tarefa inadaptada ao seu meio ambiente, mas necessário á sua sobrevivência.
Não é que eu viva com embirrações,sobre esses métodos, desde que pendurados nas árvores, não conspurquem a natureza dos que se libertam nela para ser livres e respeitadores de todas as opções, desde que não me caguem em cima de mim,as suas fedorentas e envenenadas mestelas, ou mistelas, mas como não sou o sábio da minha freguesia, alguém fará o favor de me ensinar

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Televisão ? Vídeo ?

Respondo-lhe caro anónimo, não por ter simpatia  pelos anonimatos no meu blogue, mas só pelo facto da sua interrogação,(televisão )? quando fiz noticia na Figueira T.V, considerando-a a televisão Oficial da Figueira da Foz, o que discordou, naturalmente.
Quanto aos anónimos, não vou perder muito tempo, preferindo a transparência do facebook, mas permita-me o meu abuso aberto e assinado.Espero que não seja o anónimo, que depois de chular almoços e cortes de cabelo, porque o considerava amigo de muitos anos, devolvia-me anonimamente neste blogue, as piores calunias, portanto, queira DEUS, que não seja o caro anónimo, o sujeito em  questão.
Quanto á Televisão Oficial da Figueira da Foz, os tempos mudaram tanto, que me vejo aflito por os acompanhar nas novas tecnologias, mas vou dizendo-lhe que a linguagem e os conteúdos nos vídeos, são de tal modo inovadores nas sua formas de criação em toda a especie de ecrãs, quase me apetecia dizer, adeus televisão? Com mais tempo e a melhor experiência na Figueira T.V., talvez lhe possa transmitir esta minha opinião com outros dados e certezas, pois quem sabe se um dia, o mundo audiovisual será vídeo ? O meu respeito, caro anonimo

Vozes de Montemor, na Figueira, com o apoio da televisão oficial da Figueira da Foz.



terça-feira, 23 de maio de 2017

O que somos?

Se eu tivesse a certeza das palavras soltas e ridículas, poderia ser mais feliz e assertivo no resto da minha vida, pensando-a e manifestando-a na leveza da minha humildade. Mas não...Perco-me por vezes e muitas são no estranho encanto da minha soberba, julgando-a" rainha", percebendo depois na minha ilusão material de todos os dias, o seu iníquo poder, afastando-o e julgando-o pérfido

segunda-feira, 22 de maio de 2017

A fé de uns e que outros procuram

Deve ser pesaroso manifestarmos sentimentos ,os quais não somos capazes de os amar, sentindo-os na matéria e no espírito?. Confesso-vos de todo as minhas inquietas duvidas na minha fé, como que uma sede intensa e tendo a água a um estender de uma das minhas mãos, e não a consigo beber. Conheço a minha respeitada colega Dina Neto, desde a nossa actividade na Figueira da Foz e depois em Montemor. Sobrevivemos até aos dias de hoje, com os nossos erros e os nossos contraditórios. O que ficou para sempre, foi uma forte relação profissional e de amizade, feita de verdade e a sua natural simplicidade de pessoas que se estimam com a sua genuína cumplicidade de amigos e irmãos.Mais logo o corpo do Pai Horário, vai baixar á terra, mas o Pai, só morreu em matéria, pois sabe e sente a Dina Neto, que o Pai, continua a viver dentro de si e para sempre.Que momentos tão tranquilos eu tive com este exemplo de fé na vida eterna, perante a morte, buscando em mim a água que me falta beber

quarta-feira, 17 de maio de 2017

O Especial Marinha das Ondas, terminou ontem Lá estive com o meu camarada João Boia, dizendo-lhe até já. A Ália Carvalho, que jeitinho no seu programa,a justificar a minha ideia de que a jovem tinha o tal jeitinho, quando a desafiei para fazer radio na Foz do Mondego. O que me torna feliz é que deixei a porta aberta na Foz Mondego Rádio 99.1, tal foi o meu empenhamento e respeito por todos e pela empresa Como sempre vim embora de mãos limpas, agradecendo e trazendo-os comigo ;Nogueira, Sansão. Miguel Bóia, Felix Anita,Lemos,Estrela, os que foram embora.Matos,Oliveira,Aldo, Bruno,Martins, Gonçalo, os ouvintes que me aturaram. Se alguém falta, as minhas desculpas Outro desafio me espera na Figueira T.V, esperando o mesmo formato no trabalho e na seriedade de processos No próximo dia 27 de Maio, as Vozes de Montemor, actuam no café Nau, 5 da tarde, já com o apoio da FIgueira T,V. O Baixo Mondego, será emitido, em devido tempo, já com as Vozes de Montemor,Para já preparamos a primeira freguesia da Figueira da Foz, depois se vai ver o povo que se junta para dançar, porque bitaites é facil demais, agora realizar, custa muito trabalho e dedicação Sem lamurias, despeço-me com sincera gratidão

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Um povo civilizado não precisa da policia?

De repente.
Dei por mim tranquilamente, ao findar a tarde de domingo, ruminando na minha quietude, as paixões de um nobre povo, por ruas e praças, outros em casa, tranquilamente, como fiz do meu espaço o melhor sitio.
De repente, surgiu-me o que foram as alarvidades no futebol e a sua gritaria e porque não, a sua paranóide, a justificar um retiro sobrio e civico, capaz de na próxima época, vivermos o grande espectáculo sem a tragédia das claques e de uns tantos que deveriam ficar os 90 minutos, guardados na policia, ouvindo o relato pela radio, se possivel, porque pela televisão, já era um luxo

sábado, 13 de maio de 2017

Nunca digas nunca. Logo pelas 15 horas, realizo o meu ultimo programa do Baixo Mondego Vou lá estar com os meus amigos e companheiros, a nossa" netinha "Ana Rita, o veterano e leal João Bóia, tudo isto na Foz Mondego Rádio 99.1 O convidado,Jorge Camarneiro, de tantas e outras conversas e sempre com Montemor, nos seus temas Terça feira dia 16 de Maio 2017,o final do Especial Marinha das Ondas, depois sim, vou dizer nunca digas nunca, porque se trata de uma palavra mentirosa! Quantas vezes disse á minha mulher que não comia arroz,quando a namorava em Montemor? Na tropa, jurei nunca mais, nunca mais vou comer arroz na vida civil. Olha, olha agora aquele arroz de lampreia ou de outra cozedura, é cá um sabor..Pois venho embora e já tenho saudades Outro desafio ganhando o mesmo de sempre, porque se não fosse os cabelos e as barbas morria de fome? Por lá ficam o Mar revolto de vez em Quando e os Tostões e os Milhões Fica também uma grande porta para regressar, o que me honra imenso, levando comigo os meus companheiros.Uma fase muito dificil, sem saber o que fazer, porque comunicar via radio, é uma sina que se ama toda uma vida, tal qual uma mulher O nono projecto já em andamento, terá aqui a sua divulgação. Bom fim de semana

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Batista Bastos.

A vida e a obra de Batista Bastos, foi notável e reconhecida por intelectuais e outras gentes do povo, que o admiravam pela sua frontalidade, como abordava os problema sociais e politicos do pais. Foi a meu ver, um portugues de grande dimensão e pensamento, contestando ditaduras e os radicalismos politicos, mas enfrentando como poucos, o sectarismo ideológico dos menos progressistas, porque livre e criativo Os que se recordam da Republica, no regime Salazarista, entre outros bravos jornalistas,Raul Rego, que acabou expulso do jornal, Batista Bastos, regateou por entre linhas, o combate pela liberdade de expressão Com a sua morte, percebi outra vez que o fundamentalismo politico é enganador e trôpego, propositadamente...

terça-feira, 9 de maio de 2017



O que foi uma tasca, é hoje um excelente restaurante


Memórias

São as minhas e de longa distancia, conduzindo-me no presente aos sitios, que me permitem evocar os valores do passado, por mim vividos e armazenados ao longo da minha vida, com um sentimento tão próximo e humanizado A Sra.Olinda Marinheiro, como tantas outras pessoas do meu lugar do Casal Novo do Rio, são a garantia de que existo no presente, mas com o quadro memorizado da minha juventude, motivando-a agora na presença da Sra Olinda Marinheiro, não por ridículos escritos de circunstancia, mas por existirem neles a dignificação do trabalho e a confiança que a Sra Olinda Marinheiro, depositava no meu pontual e assumido pagamento. Acho algum despudor, quando algumas pessoas , vindas de modéstias vidas, procuram enganar-se e os outros também, só porque pelo trabalho, ou porque outros lhe garantiram brilhantes futuros, enfiam a cabeça na areia, altivamente ingratas no fundo da sua consciência, coitadas!! Comigo a minha memória não me lixa, vou á sua origem e sou feliz por esse motivo, não me iludindo. Por volta de 1959, o meu pai morreu no casal Novo do Rio, já eu trabalhava na Figueira, como barbeiro.Regressava ao Casal, onde trabalhava numa modesta barbearia, no tempo em que as barbas e os cabelos, custavam vinte e cinco tostões. Ao fim da tarde, ia á mercearia da Sra Olinda,pagando a divida que a minha Mãe, tinha feito durante a semana, café ,açucar, não sei se era amarelo ou granulado, o bacalhauzito, que sei eu desse tempo? No domingo junto da veneranda mulher, recordamos esses distantes domingos em 1959

segunda-feira, 8 de maio de 2017

O lendário castelo de Montemror, ao longe.


!940--2017.O regresso ás minhas origens, na companhia da minha mulher. recordando a tasca do Ti João.Hoje um tipico restaurante da Isabel Marinheiro e do seu marido Joaquim Fabricio. O rio tão perto do lugar, tem agora uma brutal montanha Foi  onde nasci em 1940,Fui caminhando vida fora, mas regressei sempre ao meu lugar, onde respiro a minha realidade social




sábado, 6 de maio de 2017

Baixo Mondego, emitiu o penúltimo programa na Foz Mondego Radio 99.1 No próximo sábado, dia 13 de Maio 2017, no mesmo horario, encerramos com um montemorense,Jorge Camarneiro. Esta tarde a vereadora da Cãmara, de Montemor, Alexandra Ferreira, directamente da Vila montemorense,historiou aos ouvintes, os diversos projectos sociais do Municipio, considerando várias vertentes de apoio aos idosos. A infãncia, as bolsas de estudo, entre outros serviços na comunidade em Montemor, incluindo as freguesias. A emissão comunicou também com a Cova Gala. O Maritimo, completou 79 anos, trazendo à antena o seu Presidente Carlos Nunes A poesia de João Pita, o Dia da Mãe, foi recordado, num programa com o apoio da menina da radio, a Ritinha, o veterano João Boia, colegas meus de gratas recordações

Baixo Mondego despede-se

Esta tarde pelas 15 horas na Foz Mondego Radio 99.1 e depois em 13 de Maio 2017, realizo e apresento os dois ultimos programas, terminando a minha colaboração na naquela radio da Figueira da Foz.Levo algumas pessoas no coração e outras não me passaram do peito, mas a minha idade já não me permite lutar inglóriamente por causas, esgotando-me e sofrendo com dificuldades, as quais não tenho capacidade para resolver.
Como sempre vou embora de mãos limpas, também orgulhoso dos meus colegas me terem manifestado a sua vontade para que ficasse, o melhor prémio da sua amizade Voltarei com outras noticias sobre a minha despedida, sem que  por esse motivo, venha com a roupa suja propondo a sua lavagem , Até já e tenham bom fim de semana

segunda-feira, 1 de maio de 2017

No silêncio se pensa melhor.

Boa noite, boa noite
Dentro de alguns minutos, os melros que devem ser iguais aos que Guerra Junqueiro, evocou no seu poema, vem manifestar-se na sua natureza, chilreando por dentro de umas tais árvores, por ali frondosas. Vou á varanda e fico por ali a escutar os seus belos desafios na noite e na madrugada.
Gosto do silêncio da madrugada.Parece-me que as pessoas se reuniram para pensar o dia que vem aí, no sentido fraterno nas vivências, mas não, porque sou assim ingénuo?

domingo, 30 de abril de 2017

A Gala do Mar, foi um grande exito associativo



No Maritimo, completamente lotado, prestou-se homenagem a covagalenses, que se destacaram nas suas colectividades., ou Instituições,Pastor Neto.Centro Social.José Vidal. Mocidade Covense. Brites Loureiro.Maritimo. Fábio Silva. Cova Gala. Anibal Silva Sanctus Petros. Antonio Salgueiro,Junta de Freguesia de São Pedro

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Comentários
Sara Valencia · 2 amigos em comum
Muy linda da familia besitos
Ver Tradução
GostoResponder110 h
Marcos Celaya Agora vou trabalhar como cabeleireiro para a Figueira da Foz com meu amigo Olimpio Fernandes 
Abraço mano
GostoResponder10 h
Silvia Fondora · Amigo/a de Milagros Perez Ortiz
Traduzido do Espanhol
Que felicidade eu tenho estou arrepiada d alegria. Q boa notícia, eu os amo muito. Bênçãos.Ver Original
GostoResponder15 h
Sara Pinho Gouveia · 2 amigos em comum
Parabéns fico muito feliz por ti Marcos Celaya .beijinhos para essa familia lindo
GostoResponder140 min